Gestão de frotas: por que ela é tão importante?

Chega de prejuízos! Descubra como a gestão de frotas pode ajudar de forma definitiva a alavancar a sua empresa e evitar os prejuízos.

A gestão de frotas está ligada diretamente aos custos gerados pelos veículos, direção da empresa e equipe de colaboradores. Operar com qualidade e ter um controle rigoroso da manutenção preventiva e periódica dos veículos pode resultar em muita economia e mais segurança. Ao trabalhar no caminho inverso, ignorando uma boa gestão de frotas, os seus prejuízos podem ser irreversíveis.

Para evitar que os prejuízos causados nas estradas se tornem frequentes, colocando em risco a saúde financeira e a reputação da sua empresa, o primeiro item a ser levado em conta é a parte mecânica e elétrica dos veículos. Essa é uma obrigação de todas as empresas.

Estar com os veículos em dia reflete diretamente na segurança dos motoristas que enfrentam as estradas todos os dias. Além disso, diminui consideravelmente as chances desses motoristas “ficarem na estrada” e não entregarem a mercadoria dentro do prazo estipulado. E você sabe o que acontece quando a mercadoria não é entregue no prazo certo, não é? PREJUÍZO!

Por onde começar?

Se você ainda não tem uma gestão de frotas adequada, saiba que já está no prejuízo. Isso mesmo, não há ninguém que possa ter mais lucro e competitividade sem ter uma gestão profissional.

Por isso, comece refletindo sobre o seu atual controle de frotas. Tem tudo registrado? Quando foi a última revisão dos seus veículos? E os documentos, todos estão rigorosamente em dia, ou bate aquele desespero quando o vencimento está chegando e você tem que largar tudo para correr atrás? Ah, e um dos fatores mais importantes: sua equipe de motoristas e demais colaboradores passaram recentemente por um processo de atualização? Se a sua resposta for NÃO em alguma dessas questões, fique atento!

Se você acha que rever a situação da sua gestão de frotas é caro e vai tomar o seu tempo e dinheiro, saiba que sem isso, os prejuízos são muito maiores.

Há diferentes formas de começar a gestão de frotas na sua empresa: Treinar um ou mais colaboradores para gerir este processo com eficiência; Contratar um profissional que tenha conhecimento em gestão administrativa e financeira, logística, recursos humanos e até mesmo em mecânica e elétrica; Entrar em contato com uma empresa especializada que reúne todos esses quesitos e que ainda possa analisar a sua frota atual, apontando o melhor caminho; Você tomar conta de tudo (e mais o que você já faz hoje).

O que a minha empresa vai ganhar com a gestão de frotas?

O retorno para o investimento em gestão de frotas é mais rápido e fácil de perceber. Economia no consumo de combustíveis, manutenção e pneus estão entre alguns itens. Confira em detalhes:

  • Economia de Combustível: Com a instalação de um software, é possível identificar o consumo e desperdício de combustível. O relatório mensal fornece informações sobre o que está causando esse prejuízo: alta velocidade e falhas mecânicas, são alguns dos exemplos.
  • Manutenção e gerenciamento mecânico: Realizar a manutenção dos veículos no momento certo é a garantia de que o motorista do veículo poderá rodar com mais segurança. Os itens mecânicos, como correia dentada, lona de freio, amortecedor, entre outros, tem sua vida útil controlada. Com o sistema você tem controle da vida útil destes componentes e vai saber, com um clique, se eles estão dentro da sua expectativa.
  • Economia nos pneus: Você pode ter o controle sobre a necessidade de realizar a troca ou o rodízio dos pneus! Com um software, as notificações sobre os custos por quilômetro rodado, veículo e trajeto são listados. Além disso, o histórico dos pneus será exibido, dificultando extravios e ações mal intencionadas.
  • Agilidade na tomada de decisão: Lembre-se: Tempo é dinheiro! E você não tem tempo para ficar enrolando nas decisões. Com o relatório de informações sempre em mãos, você vai ganhar muito mais agilidade em todo o processo.
  • Melhora na cultural organizacional: Ao ter o controle dos números da sua frota, você poderá premiar os melhores motoristas, incentivando-os a sempre evoluir. Desta forma, também irá promover a conscientização em cima de falhas que vinham acontecendo.
  • Mudanças em curto prazo: Optar por uma gestão de frotas eficiente deverá trazer mudanças consideráveis em um curto espaço de tempo. Já no primeiro mês, ao perceber algumas falhas que não eram tão evidentes, você poderá propor mudanças assertivas.
  • Controle de documentos e multas: Receber multas é um péssimo negócio. Atrasar documentos também! Por isso, gerenciar esses documentos é obrigatório para as empresas que não pretendem arrumar problemas ou gastar o que não precisa. E a sua não quer, não é mesmo?
  • Controle de custo e consumo de fatores médios da frota: Cada equipamento terá o seu desempenho individualmente avaliado. Os resultados serão fundamentais para as decisões na gestão da frota ou da renovação dela, optando pelas melhores marcas, fabricantes e modelos.

E aí, gostou do conteúdo desse post? Deixe seu comentário ou dúvidas. Faremos o possível para lhe repassar a informação mais qualificada.

gestão de frotas

Receba Dicas Sobre Seguros

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.