Transporte de carga: o que é a averbação, como funciona e por que ela é tão importante?

A averbação no transporte de carga é obrigatória! Saiba o que isso significa e como proceder em cada embarque de mercadorias.

Você já sabe o que é e para que serve a averbação no transporte de carga? Se ouvir falar em apólice aberta ou averbável, tem a resposta na ponta da língua? Calma, se não sabe as respostas ou tem alguma dúvida sobre esse assunto, o conteúdo de hoje vai resolver essas questões.

Continue lendo o texto e conheça as orientações adequadas.

O que é averbação no transporte de carga?

A averbação é o ato de informar à seguradora a ocorrência de um determinado embarque. Em geral, assim que fica pronta a documentação da carga, a mesma deve ser informada.

De forma distinta à apólice avulsa, as mercadorias são relacionadas nas chamadas “averbações”. Ou seja, para cada embarque que for realizar, o segurado faz uma averbação, incluindo todas as informações do transporte de carga em questão.

Como funciona?

Em uma apólice aberta deve constar todos os termos e condições do seguro. Veja o seguinte exemplo: se o embarque de determinada mercadoria não faz parte da cobertura de riscos, o segurado não poderá averbá-lo. E sim deverá solicitar uma analise de um embarque esporádico à seguradora.

É necessário coletar todas as informações das mercadorias e checar se os dados da carga estão coerentes com a apólice do seguro. Na sequência, tudo deve ser relatado para a companhia de seguro.

O limite do embarque já é definido no momento da contratação do seguro. Assinado o contrato, o segurado sabe que não poderá averbar embarques de mercadorias que superem esse limite.

Tipos de apólices

  • Para Transportadores:

Averbável para todos os embarques.

  • Para os Donos da Carga:

Averbável para todos os embarques;

Anual ou Ajustável para todos os embarques;

Avulsa para embarques únicos.

  • Para representantes:

– Averbável;
– Avulsa para embarques únicos.

Como informar à seguradora sobre cada embarque?

O segurado informa à seguradora, por meio de averbação, a realização de cada embarque. Existe um serviço de averbação eletrônica, oferecido pela maioria das seguradoras, que abre a possibilidade de fazer o procedimento pela internet. O processo é simples e você pode ainda, contar com o apoio da seguradora e do seu corretor de seguros.

Importante: Apesar de algumas empresas de transporte de carga realizarem o processo de informação da mercadoria de forma manual, recomenda-se fazê-lo eletronicamente no site da companhia a cada embarque. Deve-se fazer o procedimento pelo sistema eletrônico interligado com o sistema de emissões de CTe (Conhecimento de Transportes Eletrônico) da transportadora. Desta forma, as chances de erros e atrasos são reduzidas consideravelmente.

Quais informações são necessárias para cada embarque?

Não é um check list tão grande que você não consiga informar, fique tranquilo. Os itens mais solicitados, na maioria das vezes, são esses abaixo:

  • Valor da carga;
  • Número do CTe (Conhecimento de Transporte Eletrônico) e chave de acesso;
  • Cidade e Estado de Origem e Destino;
  • Identificação do veiculo transportador.

Por que é tão importante fazer a averbação?

No Brasil, já existe uma lei que trata desse assunto. E ela contempla a averbação eletrônica, ou seja, reforça o que falamos no item anterior, sobre a comunicação do embarque da mercadoria.

lei de Averbação Eletrônica 247, obriga que toda a mercadoria transportada precisa ter seguro e ser averbada antes de qualquer movimentação do veículo. Essa lei vale para os segmentos de transporte de carga rodoviário e ferroviário, ferrovias, hidrovias, terminais portuários fluviais, marítimos e via aérea.

Como o seguro do transporte de carga é obrigatório, teríamos um bom argumento para falar da importância de se fazer a averbação. Entretanto, há outro forte motivo: o seguro de carga evita prejuízos em casos de roubos e acidentes.

Importante: O que muita gente não sabe e acaba levando prejuízo, é que existe uma cláusula da apólice de seguro chamada averbação simplificada. Esta cláusula indica que todos os embarques devem ser enviados, ou seja, averbados de forma sequencial, sem deixar nenhum de fora.

Como você acabou de ler, a averbação no transporte de carga não é tão complicada. No entanto, é obrigatória e exige atenção nos detalhes de cada embarque. Fique atento!

Quer saber mais sobre o seguro de transporte? Continue acompanhando nossos conteúdos aqui no blog e fique muito bem informado, sempre!

 transporte de carga

Receba Dicas Sobre Seguros

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.