Como reduzir o custo de transporte de alimentos perecíveis?

Reduzir os custos e entregar a mercadoria em perfeito estado é um desafio para quem trabalha com transporte de alimentos perecíveis. Veja o que fazer!

O transporte de alimentos perecíveis é desafiador. Todo o processo tem que ser perfeito para evitar prejuízos com a perda de qualidade do produto transportado. Desde o tempo de entrega, que deve ser respeitado para que a mercadoria não seja prejudicada, até o manuseio, é um trabalho que exige muita atenção.

Neste conteúdo, vamos ajudar você a reduzir os custos com o transporte de alimentos perecíveis. São dicas valiosas que você pode começar a seguir a partir de agora. Continue lendo!

Use a tecnologia a favor do transporte de alimentos

Não é necessário fazer a inspeção da qualidade dos alimentos manualmente, certo? O processo que é feito desta forma acaba tornando o tempo de trabalho maior. Atualmente, existem aplicativos para smartphones e tablets que facilitam a sua vida e a do destinatário na hora de conferir a qualidade da mercadoria.

Essa medida vai reduzir os seus custos no transporte de alimentos perecíveis, pois diminui o tempo dedicado ao controle de qualidade e permite que os alimentos permaneçam mais tempo nas prateleiras do comércio.

Dica importante: sabemos que muitas vezes a mercadoria não chega até o veículo com a temperatura correta e o prejuízo fica com a transportadora. Uma boa ação para evitar surpresas é posicionar ao longo do baú isotérmico vários termostatos, os quais indicarão mudanças na temperatura da carga.

Mantenha as manutenções dos veículos em dia

Como são feitas as manutenções dos seus veículos? Há um plano de manutenção ou os veículos recebem reparos somente quando quebram e lhe deixam “na mão”? É um equívoco pensar que desta forma você está agindo muito bem. Os prejuízos gerados por acidentes que comprometem a mercadoria e colocam em risco a vida dos motoristas são bem maiores.

Realizar as manutenções com frequência e ter um plano bem elaborado são ações que lhe ajudarão a reduzir os custos para o transporte de alimentos perecíveis.

Junte qualidade e economia

A “receita” qualidade + economia é a que rende as melhores “porções” de redução de custos. Para isso, é essencial realizar o mapeamento de todas as etapas do processo logístico. Planeje rotas e concilie as demandas entre elas — o que garante cargas de retorno, reduzindo os trajetos ociosos, potencializando o acondicionamento de cargas e aproveitando de forma mais assertiva os espaços nos veículos.

Sempre verifique se a mercadoria está bem presa e recebendo fluxo de ar

Essa é de praxe! Verificar quantas vezes forem necessárias se a carga está bem presa, evitando assim possíveis danos à mercadoria. Observe também se os alimentos estão estufados corretamente para que a sua qualidade original seja mantida.

As medidas podem parecer simples, já que estão entres as necessidades primárias de um transporte de cargas bem feito, no entanto, é preciso reforçar a sua importância. Elas podem determinar o sucesso ou o prejuízo de uma viagem.

Tenha cuidados redobrados com a armazenagem dos alimentos

Boas práticas de armazenagem são exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para o transporte de alimentos. As normas referem-se ao controle de pragas e tudo mais que possa interferir na qualidade dos produtos transportados.

Vale lembrar que a embalagem do produto também precisa estar em excelentes condições para chegar até as prateleiras. É a embalagem que garante a integridade do produto durante todo o processo logístico.

Verifique a qualidade das embalagens

As embalagens devem ser resistentes e proteger os produtos. Verifique se a carga que você vai transportar é fácil de manusear e movimentar, seja ela de plástico, papelão, madeira, entre outros tipos de materiais. O transporte de alimentos precisa ser simplificado em todas as suas etapas para agilizar as movimentações e acomodamento dos produtos nos veículos e nos porta-paletes.

Se puder, conte com o apoio de um operador logístico especializado

O apoio de um operador logístico especializado, que conhece muito bem as particularidades da logística de alimentos perecíveis, pode lhe ajudar a reduzir bastante os custos das operações.

 

Como você acabou de ler, existem maneiras eficientes de reduzir os custos com o transporte de alimentos perecíveis. Se você seguir as nossas dicas, suas chances de obter sucesso em todos os fretes que realizar são muito grandes. Uma gestão bem organizada deste processo é o ponto de partida.

Continue acompanhando os conteúdos do blog. Baixe também o nosso e-Book e descubra como reduzir gastos e ter resultados positivos com as operações de transporte!

Receba Dicas Sobre Seguros

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.