Seguro de riscos cibernéticos: como contratar a proteção

Confira nesse post, como fazer uma apólice de seguro contra ataques cibernéticos e garanta mais segurança para a sua empresa e seus clientes!

A frequência e refinamento cada vez maiores dos ataques cibernéticos, aliados à responsabilidade quanto a integridade e privacidade dos dados de seus clientes, estão fazendo com que as empresas busquem maneiras eficientes de se proteger contra os riscos cibernéticos.

Para reforçar ainda mais essa responsabilidade, foi criada em 2018 e sancionada em agosto deste ano, a Lei Geral de Proteção de Dados, que entrará em vigor a partir de 2020. Entre outras medidas, a lei determina que entidades públicas e privadas informem aos detentores dos dados o motivo pelo qual os mesmos foram coletados e de que forma serão usados.   

Conforme levantamento realizado pelo Fórum Econômico Mundial, o Brasil ocupa a 2º posição entre os países mais afetados por ataques cibernéticos. Mesmo as pequenas organizações estão sujeitas a esse tipo de invasão e uma maneira eficiente de evitar riscos e reduzir prejuízos é através de um seguro de risco cibernético.

Continue a leitura e saiba mais sobre essa modalidade de seguro!

O que é um seguro de risco cibernético?

O seguro de risco cibernético pode ser um investimento a longo prazo, uma vez que a seguradora faz o reembolso de várias despesas, em alguns casos repondo, inclusive, eventuais perdas de receita resultantes de uma invasão.

A apólice garante uma ampla cobertura contra diferentes ameaças, incluindo os processos relativos à prevenção do risco. Assim, é possível reduzir ou, até mesmo, eliminar as consequências de um ataque cibernético.

Como funciona esta modalidade de seguro?

O seguro de risco cibernético é uma alternativa a mais de proteção para as empresas. A apólice pode cobrir, por meio de suas coberturas de primeira e terceira parte, os efeitos de um ataque cibernético e, em alguns casos, reembolsar a organização, caso haja uma invasão e divulgação de dados privativos sob sua responsabilidade.

Quais os tipos de cobertura?

O seguro garante cobertura em inúmeras situações, tanto em relação à prevenção de riscos quanto aos resultados de um ataque cibernético. Entre as coberturas incluídas nesse tipo de apólice, podemos citar:

  1. despesas para restaurar dados;
  2. custos com indenizações aos clientes afetados;
  3. gastos com notificação e monitoramento de dados dos clientes atingidos;
  4. reembolso de prejuízos decorrentes da interrupção das atividades da empresa (lucros cessantes);
  5. custos ligados a uma investigação administrativa;
  6. custos de defesa;
  7. gastos com peritos forenses;
  8. assessoria de imprensa para recuperar a boa imagem da empresa no mercado.

De que maneira o seguro de risco cibernético oferece proteção?

O seguro atua preparando a empresa para evitar ataques cibernéticos e para que ela tenha uma resposta mais ágil, eficaz e com menores custos, caso já tenha ocorrido uma invasão.

Se o seguro for acionado, uma equipe capacitada vai estar preparada para atender ao chamado, compreendendo o fato e tomando as primeiras medidas necessárias, em um prazo predeterminado, até a implementação de um plano que solucione a questão por completo.

Em uma situação como essa, será preciso comprovar a ocorrência do fato e os custos resultantes dele, mas sempre depois de implementadas as primeiras ações, para reduzir a ameaça, de modo que os resultados negativos sejam minimizados.

Como fazer o seguro de risco cibernético?

Para contratar a apólice, é necessário enviar informações relativas à empresa, incluindo dados adicionais, como os números da empresa, detalhes de processos e ações relativas ao assunto.

Através de um questionário, devem ser informados dados sobre o faturamento da empresa, entre eles o tipo de controle e proteção efetuados com relação à infraestrutura de TI, treinamento e conscientização dos colaboradores. Com essas informações, a seguradora terá uma base adequada para analisar riscos e disponibilizar alternativas eficientes.

O valor do seguro é variável e depende da política de proteção da sua empresa. Sendo assim, quanto mais seguros estiverem os dados, melhores serão as condições disponibilizadas pela seguradora e menores as franquias.
Os ataques cibernéticos podem ocorrer a qualquer momento e afetar sua empresa, independente do tamanho e área de atuação. Por isso, invista na proteção do seu negócio e dos dados de seus clientes com uma apólice de seguro específica para ataques cibernéticos. Para isso, procure uma corretora de confiança!

Receba Dicas Sobre Seguros

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.