O que é preciso saber sobre indenização no seguro de cargas?

Confira o post a seguir e conheça algumas particularidades do seguro de transporte de carga!

Imagine que você possui cobertura para um determinado evento e a seguradora irá pagar pelos prejuízos. Porém, supondo que a averbação seja de R$ 100 mil e que já foram gastos R$ 20 mil de regulação nessa carga, a indenização será limitada em R$ 80 mil, pois não há como extrapolar os custos para além do valor averbado.

Essa não é uma situação muito comum, mas, quando a pessoa se depara com ela, surgem muitas dúvidas, pois o seguro de cargas é feito mediante averbação. Então, mesmo que você tenha contratado uma apólice no valor de R$ 1 milhão, nessa carga específica você está pagando seguro sobre R$ 100 mil.

Portanto, a verba de indenização fica limitada em R$ 100 mil e se forem gastos valores altos na regulação da carga (com transbordo, limpeza do local e outros), a seguradora não pagará o valor integral da carga.

Apesar de ser uma situação que não ocorre com muita frequência, ela é bem grave e pode causar algumas dores de cabeça. Muitas vezes, principalmente no caso de cargas perecíveis, você vai tentar recuperar a mercadoria e armazená-la para tentar vendê-la mais tarde, mas, por questões legais, talvez você não consiga alcançar esse objetivo (já que os produtos podem estar vencidos ou em más condições).

Além disso, será necessário pagar as horas dos peritos e seguranças e essa é uma conta que pode ficar bem alta. Supondo que os gastos para pagar a reguladora tenham sido de R$ 20 mil, você ainda terá que contar com R$ 100 mil da carga para pagar para o seu cliente. Isso soma R$ 120 mil, mas o valor averbado é de apenas R$ 100 mil, ou seja, esse valor será o limite definido pela seguradora e a transportadora terá que arcar com as demais despesas.

Por isso, é fundamental saber muito bem o que será feito logo após o acidente. Continue a leitura e saiba mais sobre esse assunto!

A importância do seguro de transporte de carga

O transporte de cargas é uma tarefa que envolve muitos riscos e, desse modo, contratar seguros que cubram os traslados dos carregamento é algo imprescindível para que a sua empresa possa se precaver contra possíveis prejuízos com imprevistos e sinistros

Neste conteúdo, você vai conhecer um pouco mais sobre o seguro de transporte de carga e o quanto ele é importante, tanto para a sua empresa quanto para melhorar a relação com seus clientes.

 

Qual é a finalidade do seguro de transporte de carga?

O seguro de transporte de carga é obrigatório por lei e tem como objetivo cobrir eventuais danos ou prejuízos causados à carga, durante o seu transporte. Esse seguro pode beneficiar tanto o proprietário da carga, quanto o vendedor e o cliente.

 

Quais são as modalidades do seguro de transporte de carga?

O mercado disponibiliza 2 tipos de seguros aos quais a apólice se destina: transporte nacional e internacional:

Nacional – nesse caso, a apólice pode ser avulsa, ou seja, uma por viagem, ou aberta, para quando ocorrem vários deslocamentos, que são comunicados um a um, por averbação.

Internacional – nessa modalidade estão enquadradas as atividades de comércio exterior. Aqui, os proprietários das cargas podem optar pela contratação de um seguro intermodal, que assegura a cobertura contra riscos em qualquer meio de transporte utilizado para movimentar a carga.

Mais do que indenizar o segurado por perdas e danos, essa modalidade de seguro também cobre fretes, impostos, despesas e lucros. Geralmente, é possível fazer o transporte em veículos particulares, terceirizados ou por transportador autônomo.

 A cobertura inclui:

  • danos causados às mercadorias provocados por colisão, tombamento, capotagem, abalroamento, explosão ou incêndio;
  • desaparecimento da carga, quando o veículo é levado, ou roubo por assalto à mão armada, sendo que, no caso de roubos, a contratação deverá ser adicional.

Sabemos que gerenciar riscos é um procedimento comum na rotina das transportadoras, pois elas trabalham com mercadorias de terceiros e são responsáveis por manter a sua integridade.


Desse modo, é necessário definir práticas para reduzir a chance de extravios, perdas, roubos ou outros contratempos que possam comprometer os produtos transportados e o serviço prestado aos clientes.


Existem vários tipos de seguro para transporte de cargas, mas isso será assunto para outro artigo. Continue acompanhando nosso blog!

Se você já tem um seguro, existe a possibilidade de fazer uma revisão gratuita da sua apólice, basta clicar aqui. Ou se está buscando um seguro solicite sua cotação.

Receba Dicas Sobre Seguros





Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.