7 dicas para economizar no seguro de carga

Existem formas práticas de economizar no seguro de carga, basta prestar atenção e agir de acordo com as dicas que vamos lhe apresentar agora. Leia!

Economizar! Palavra que representa uma luta diária das empresas de transporte, das maiores às menores. No anseio de atingir esse objetivo, entra também o seguro de carga, indispensável para todas as empresas do setor.

O jeito é buscar maneiras de economizar sem abrir mão de forma alguma de estar protegido. Mas, será que existem mesmo formas de gastar menos com o seguro de carga? Nós vamos lhe mostrar que sim!

Continue a leitura e comece a economizar no seguro de carga a partir das nossas 7 dicas.

1. Faça pesquisas no mercado antes de fechar o seguro de carga

O valor do seguro de carga pode variar, dependendo do porte de cada seguradora e as condições de negociação. Então, é muito importante que você faça pesquisas e cotações com diferentes empresas.

Claro que nem só de preço se resume um seguro de carga, mas da qualidade no atendimento, cobertura e outros fatores. Por isso, avalie entre aquelas que oferecem as melhores opções.

Lembre-se de solicitar propostas de apólices com as mesmas condições e compare-as.

2. Feita a pesquisa, escolha coberturas que tenham mesmo a ver com o seu negócio

Como você sabe, além dos riscos referentes a cada transporte, o seguro de carga também será influenciado pelas coberturas que ele oferece. No caso de uma cobertura completa e que cobre o maior número situações, o seguro tende a ficar mais caro.

É necessário analisar se a sua empresa realmente precisa de cobertura completa. Existem apólices, só para citar alguns exemplos, que oferecem coberturas para içamento! Se a sua carga não contempla esses riscos, não há motivos para você pagar por isso, certo?

3. Fique atento ao valor que será pago pela franquia

Esse é um erro comum: não considerar o valor da franquia! Muitas vezes, isso acaba barateando algumas propostas de seguro de carga que você recebe. Em contrapartida, quando a sua empresa precisar do seguro, vai se dar conta de que a franquia é tão alta que não valeu a pena economizar na contratação da apólice.

Não esqueça de avaliar o valor da franquia associada ao seu seguro. Pode ser que pagar um pouco mais em outra seguradora que ofereça um seguro com a franquia mais baixa, acabe sendo vantajoso.

4. Tenha um serviço de monitoramento de veículos

Contar com um serviço de monitoramento de veículos é altamente positivo sob diversos aspectos, como o acompanhamento em tempo real da carga e mais segurança. Além disso, pode ajudar a economizar no seguro de carga.

Por ser uma ferramenta essencial para as autoridades localizarem os veículos em caso de imprevistos, a apólice tende a ter um custo menor. Assim, você une proteção e um incentivo à redução de custos com o seguro de carga.

5. Prefira rotas mais seguras

Nem sempre uma rota mais curta ou de sua preferência é a melhor. Enquanto algumas disponibilizam maior estrutura em geral, outras são mais visadas por bandidos.

Nesse sentido, é muito importante que você tenha uma gestão de riscos e conheça as melhores rotas. O planejamento adequado de rotas vai colaborar para um seguro de transporte de carga mais em conta, já que as chances de sinistros são menores.

6. Ofereça treinamentos aos motoristas

Decisivos para um transporte qualificado, os motoristas também precisam estar preparados à altura do seu planejamento de rotas. Eles devem receber treinamentos para dirigir com segurança e responsabilidade, evitando que a carga seja comprometida.

Para tanto, terão de estar cientes de que não podem realizar ultrapassagens perigosas, desviar rotas, exceder o limite de velocidade ou dirigir sob efeito de substâncias proibidas, comentar sobre a carga com estranhos ou parar em lugares inseguros, entre outros fatores.

Deste modo, evita-se acionar o seguro de carga em tantas ocasiões e não prejudica o histórico da empresa.

7. Verifique com frequência se a sua apólice está atualizada

As vezes, a sua apólice de seguro de carga pode estar nas mãos da melhor seguradora, mas se ela não é atualizada de acordo com a sua realidade, não será o suficiente.

Isso acontece porque as alterações de rota ou do tipo de cargas pode mudar os riscos de sinistros, aumentando (ou diminuindo) também o valor que será cobrado.

Faça novas avaliações com a sua seguradora sobre as condições de transporte com o intuito de adequar o preço.

 

Nós falamos no início do texto que era possível economizar no seguro de carga, e provamos para você que isso pode acontecer na sua empresa. Basta colocar em prática as sete dicas que acabou de ler!

Então, gostou do conteúdo de hoje? Aproveite para ler outro texto sobre seguro de carga: Transporte de carga: qual o seguro específico para empresas de frete fracionado?

Receba Dicas Sobre Seguros

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.