O que é o “Ad Valorem” e como ele é calculado no transporte de carga?

Saiba o que é Ad Valorem, descubra porquê ele é cobrado e como calcular o seu valor no transporte de carga para você não sair no prejuízo.

Que o transporte de carga está sujeito a imprevistos, como acidentes, avarias, furtos, roubos, danos à mercadoria, bloqueios de estrada, enchentes, entre outros, você já sabe. Mas, quanto ao Ad Valorem, um dos itens constantes no cálculo do valor do frete, você está sabendo legal?

Para deixar você por dentro do que é o Ad Valorem, como ele é calculado e qual o seu principal objetivo, nós preparamos um conteúdo para esclarecer de vez essas questões.

É importante que leia todo o conteúdo, pois essa ferramenta é fundamental para que o transportador não tenha tantos prejuízos diante dos imprevistos da estrada.

Afinal, o que é o Ad Valorem?

Também conhecido como “frete valor”, o Ad Valorem é um componente importante para o valor do frete, pois é cobrado para cobrir os custos do transporte de carga que mencionamos no início do texto.

Ele representa um percentual que é calculado sobre o valor da mercadoria, tendo em sua composição todas as medidas que devem ser tomadas para garantir a segurança da carga. Entre elas, podemos citar como principais:

  • Seguro obrigatório RCTR-C;
  • Materiais de proteção (cantoneiras, protetores etc);
  • Mão de obra especializada para fazer a segurança do transporte de carga;
  • Controle e administração da documentação de segurança.

Você sabe por que o Ad Valorem é cobrado?

Como o transportador é o responsável pela entrega da mercadoria em bom estado, qualquer prejuízo à integridade da carga, enquanto estiver aos seus cuidados, deverá ser custeado por ele. O Ad Valorem atua exatamente nessa questão, pois tem por função o ressarcimento de parte desses custos.

Vale lembrar que o aumento dos riscos de danos, perdas, avarias, roubos e de outros problemas, podem variar. Veja quais são os principais fatores:

  • Manuseios: os riscos de danos e avarias aumentam quando há necessidade de muitos manuseios;
  • Peso da mercadoria: se for muito leve, é mais fácil de ser roubada;
  • Tipo da embalagem: se a embalagem for bem segura, é mais difícil de haver roubo. Em caso de acidente, os danos tendem a ser menores quando a embalagem é mais resistente;
  • A estrada/rodovia: as condições da estrada aumentam (ou diminuem) os riscos de imprevistos no trajeto.

Em casos onde o embarcador tenha seguro próprio, o Ad Valorem pode ser cobrado levando em conta os riscos não cobertos.

Como o Ad Valorem é calculado no transporte de carga?

Você já sabe que o Ad Valorem considera os imprevistos, mas é indispensável incluir o valor da mercadoria a ser transportada. Produtos de custo mais elevado, como joias e eletroeletrônicos, naturalmente terão um frete mais caro em comparação a outros mais “simples”.

O valor do Ad Valorem pode variar ainda de acordo com o destino da mercadoria, como em lugares com maior vulnerabilidade de acidentes ou furtos.

Para calcular o Ad Valorem no transporte de carga, você pode considerar a tabela abaixo, divulgada pela NTC (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística). As sugestões de alíquotas são baseadas na distância:,

O que é o “Ad Valorem” (ou frete valor) e como ele é calculado no transporte de carga

Veja o exemplo:

Valor total da mercadoria a ser transportada: R$50.000,00

Distância até o local de entrega: 350 Km

Alíquota: 0,40%

Cálculo: R$50.000,00 X 0,40% = R$200,00 (Valor do Ad Valorem)

Para calcular o Ad Valorem, considere todas as questões que você acabou de ler, ou ainda, tenha como base a tabela acima. Deste modo, a sua empresa de transporte de carga não sai perdendo e a cobrança fica justa.

Receba Dicas Sobre Seguros

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.